agosto, 2020































































































































RAFAEL FARES

 


Poeta nascido em Belo Horizonte, é professor de língua portuguesa e estudioso da literatura indígena. Ao contrário do que está acontecendo, acredita que o Brasil deveria ser o país da floresta.
Já trilhou por três livros de poesia: Exemplar Disponível ao Roubo (2011), Fio d'água (2014) e Árvore Nômade (2019).

Os poemas selecionados compõem seu último trabalho Árvore Nômade, um livro dedicado à paisagem. O poeta concorda com Davi Yanomami que diz: os brancos dormem muito, mas só conseguem sonhar com eles mesmos.



Balé das perspectivas indígenas

Ciclo da vida

Guarani or not guarani

Da raiz ao país

Conjugação vegetal

Frase

 

 

Conheça todos os Nossos Poetas, aqui.






Direção e Editoria: Irene Serra

RIO TOTAL